Não tem cadastro? Cadastre-se
Cicladol 20mg com 5 Comprimidos

Cicladol 20mg com 5 Comprimidos

R$32,85

Produto indicado ara uma variedade de condições que requeiram atividade analgésica e antiinflamatória, tais como: artrite reumatóide, osteoartrite (artrose, doença articular degenerativa), espondilite anquilosante, distúrbios músculo-esqueléticos agudos, gota aguda, dor pós operatória e pós traumática. Está indicado também para o tratamento da dismenorréia primária em pacientes maiores de 12 anos.

Indicações: Para uma variedade de condições que requeiram atividade analgésica e antiinflamatória, tais como: artrite reumatóide, osteoartrite (artrose, doença articular degenerativa), espondilite anquilosante, distúrbios músculo-esqueléticos agudos, gota aguda, dor pós operatória e pós traumática. Está indicado também para o tratamento da dismenorréia primária em pacientes maiores de 12 anos.

Contraindicações: Não deve ser utilizado por pacientes sofrendo de úlcera péptica, hemorragia gastrintestinal intensa. Portadores de asma, rinite, pólipo nasal ou reações alérgicas da pele (urticária, angioedema) causadas por ácido acetilsalicílico ou outros medicamentos antiinflamatórios não esteroidais (AINEs). Contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade ao piroxicam ou a qualquer outro componente da fórmula.

Precauções: Deve ser administrado com cuidado a pacientes que sofram de azia, sintomas gástricos, doenças renais, hepáticas ou cardíacas. Drogas antiinflamatórias não esteroidais podem induzir ao fechamento do ducto arterioso em crianças. A segurança para o uso em menores de 12 anos ainda não foi estabelecida. Pacientes sob maiores riscos são aqueles com insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática, síndrome nefrótica e doença renal. Esses pacientes devem ser cuidadosamente monitorados enquanto estiverem fazendo uso de piroxicam. Os antiinflamatórios não esteroidais (AINEs) podem causar retenção de sódio, potássio e água e podem interferir com agentes diuréticos. Estas propriedades se tornam importantes considerando pacientes com problemas cardíacos ou hipertensão, uma vez que estes efeitos podem ser prejudiciais para o quadro clínico do paciente. O uso em pacientes idosos (acima de 60 anos) requer prescrição e acompanhamento médico. Lactação: Não é recomendado durante a lactação, pois a segurança de seu uso em lactentes ainda não foi estabelecida. Gravidez: O medicamento inibe a síntese de prostaglandina através de uma inibição reversível da enzima ciclooxigenase. Este efeito é característico dos antiinflamatórios não esteroidais e tem sido associado a uma incidência maior de distocia e parto retardado em animais, quando a droga é administrada até o final da gravidez.

Reações adversas: Sintomas gastrointestinais, como estomatite, anorexia, desconforto epigástrico, náuseas, constipação, desconforto abdominal, flatulência, diarréia, dor abdominal e indigestão. Além de sangramento gastrointestinal, perfuração e úlcera têm sido observados com o uso deste medicamento. Cefaléia, tontura, sonolência, insônia, depressão, nervosismo, alucinações, alterações de humor, pesadelo, confusão mental, parestesia e vertigem, têm sido relatados raramente. Edema dos olhos, visão turva e irritações oculares podem ocorrer, apesar das avaliações oftalmológicas não revelarem alterações oculares.

Chat WhatsApp

Meu Carrinho